terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Juliano conta para Dante que seu pai morreu e Tóia confessa a Juliano que matou Romero

Depois de incendiar o cativeiro junto com Atena, Tóia fica esperando a chegada dos bombeiros enquanto chora compulsivamente de remorso.
Entre sirenes e caminhões, Tóia recebe auxílio de um militar e se surpreende ao ver Juliano chegar.
Ela tenta contar o que aconteceu dentro da casa, mas Juliano nota o estado de Tóia e sugere que ele a leve ao hospital.
“Calma, fica calma, Tóia! Você não teve culpa...Vem cá, não é melhor a gente ir pra um hospital?”
Mas, Tóia está determinada a esperar algum bombeiro salvar Romero, porque ela ainda tem esperanças de que ele seja resgatado com vida.
Mas, um soldado do corpo de bombeiros sai do imóvel e avisa que encontraram um corpo lá dentro. E a notícia deixa Tóia mais transtornada pelo arrependimento.
Juliano não encontrará palavras para consolar Tóia, que chora sem parar. . “É muito horrível, isso, ele morreu carbonizado! Eu sei que ele era uma pessoa horrorosa, mas meu Deus! Ninguém merece”, desabafa.
Dante chega na delegacia, e pergunta o que aconteceu e Juliano terá a difícil tarefa, de contar o que aconteceu com seu pai.
“Dante, eu não queria ter que te dizer isso, mas... seu pai morreu! Teve um incêndio e seu pai morreu!”.
O policial ficará arrasado, deixando Juliano sem palavras para consolá-lo.
Tóia se sentirá envergonhada e cheia de remorso por sua atitude, e aproveitará um momento a sós com Juliano para lhe contar a verdade.
“Eu matei o Romero, Juliano! Eu matei o Romero e eu preciso me entregar”.
“Ele ficou trancado naquele quarto, gritando, pedindo ajuda... Eu deixei ele morrer trancado, queimado... eu sou uma assassina, assassina”, explica.
Juliano fica chocado ao ouvir a verdade, mas mesmo assim tenta convencer Tóia a não se entregar à polícia.
“Por favor, Tóia, pela nossa felicidade, não fala a verdade!”.
No dia seguinte, o casal vai até a delegacia e, logo de cara, o delegado questiona: “Como é que começou esse incêndio que matou Romero Rômulo?”.

O que será que Tóia irá dizer?


Nenhum comentário:

Postar um comentário