segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

É hoje que Tóia risca o fósforo

Haverá um jantar romântico, com direito à luz de velas e um belo vestido para Tóia. Romero estará mais otimista do que nunca, se desmanchando em carinhos e desvelos por Tóia. Sem que ele perceba, Tóia coloca um calmante na taça de Romero. Ele brinda com ela, ele bebe o vinho. Logo a alegria de Romero acaba, e ele começa a sentir os efeitos do sedativo, então ele diz a Tóia : “Eutôdopado! Tóia! Você botou alguma coisa no meu vinho?! Como, como você me fez uma coisa dessas!”, questiona ele. Atena entra no local, e começa a despejar gasolina ao redor. Desapontado com a atitude de Tóia, ele tenta convencê-la a mudar de idéia. “Tóia, você não vai ter coragem! Você não é uma assassina!”, interrompe Romero.Mas, Atena recordará tudo que Romero fez de mal para sua vida e para sua família. Transtornada ao ver o homem que matou seu pai no chão, sabendo que se ele tiver uma chance de salvação manterá ela e seu filho no cativeiro, Tóia pega um fósforo, acende e o lança no chão. Ela abandona o local apressadamente, enquanto Romero implora para que ela não o deixe morrer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário